Oficina de desenho de som abre segundo dia do Festival Santa Cruz de Cinema

Por Bruno Azevedo

Foi de maneira interativa que Kiko Ferraz conduziu a oficina ‘Desenho de som para cinema – Como contar histórias poderosas manipulando o som e a música em uma grande sala escura’. O cineasta, que atua profissionalmente na produtora KF Studios, responsável por trabalho de sonorização para TV e cinema, falou por mais de duas horas sobre técnicas de captação de áudio e edição de som em produção cinematográficas. “O som trás sensações ao espectador. Por exemplo, um som agudo trás uma sensação de desconforto, de algo não está certo. Já um som grave trás sensação de mistério”, explica.
O palestrante também falou da satisfação de estar presente na programação do festival.
“Nada melhor que dar aula, falar uma frase e ver alguém abrir um sorriso e conseguir sensibilizar as pessoas, por descobrirem porque sinto tal coisa. Sinto que foi possível sensibilizar as pessoas. Isso é bonito”, enfatizou.

Quem é Kiko Ferraz
Formado em Publicidade e Propaganda pela PUC-RS e em Recording Engineering pelo Musicians Institute, de Hollywood, Kiko Ferraz dirige a KF Studios, onde realiza a pós-produção sonora de filmes e programas de TV, dublagem de jogos de video-game e produção de discos e trilhas sonoras.
Professor da ESPM-Sul desde 2007, ministra disciplinas de Produção Audiovisual e Produção de Som em cursos de graduação e pós-graduação.

 

Oficinas continuam na terça

No terceiro dia, Festival Santa Cruz de Cinema abre espaço para a fotografia na oficina “Direção de Fotografia, um estudo de processo”, com Edu Rabin. O horário de início e as 14 horas, na sala 5338, no bloco 53 da Unisc.

Saiba Mais

O Festival Santa Cruz de Cinema é uma realização do Serviço Social do Comércio (Sesc) em parceria com a Unisc e Pé de Coelho Filmes.

Toda a programação é gratuita e foram 613 filmes enviados de 22 estados do Brasil, dos quais 18 foram selecionados para a mostra competitiva.

Serão premiadas as categorias: Melhor Filme, Direção, Direção de Fotografia, Direção de Arte, Ator, Atriz, Roteiro, Montagem, Trilha Sonora e Desenho de Som. Neste ano, foram acrescidas as categorias Melhor Filme pelo Júri Popular, Melhor Filme Gaúcho e Melhor Filme da mostra Olhares.



Deixe uma resposta